Conteudo

CADASTRE SEU EMAIL E RECEBA
NOSSAS ATUALIZAÇÕES:

ENVIAR

Casa de Vacinas GSK Glaxo Smith Kline
VOLTAR

Meningite

O que é

Meningite meningocócica é uma séria infecção das membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal e é causada por vários tipos de bactérias meningocócicas.1,2 Faz parte da doença meningocócica, que pode também se disseminar pelo sangue (meningococcemia).2 Doença meningocócica = meningite meningocócica e/ou meningococcemia.1,2

Quem está sob risco

Todos – é contagioso. Bebês fazem parte do grupo mais vulnerável3, crianças < 5 anos e adolescentes estão em maior risco que pessoas com mais idade3, adultos viajantes estão mais expostos1 e idosos são imunologicamente enfraquecidos.4

Sinais e sintomas

Sintomas comuns podem incluir: 1,2,5,6 Febre, vômitos, dor de cabeça, rigidez no pescoço, sensibilidade à luz, fadiga. No agravamento da infecção podem ocorrer manchas vermelhas que não desaparecem quando você pressiona um copo contra elas.5


Bebês também podem apresentar perda de apetite, diarreia, irritabilidade e convulsões.1,5


A doença pode se desenvolver rapidamente, e seus sintomas iniciais são comuns em várias outras condições. Isso aumenta as chances de diagnóstico tardio.6

Transmissão

A doença é transmitida através de contato próximo e principalmente aglomerações.1,2

Quais são as potenciais consequências da doença meningocócica?

Pode se desenvolver rapidamente e se tornar uma ameaça à vida dentro de 24-48 horas1

Aproximadamente 20% das crianças afetadas pela doença meningocócica morrem no Brasil7

10-20% dos sobreviventes podem ter sequelas como amputações, perda de audição, dificuldade de aprendizado ou danos cerebrais1,8

Prevenção

A vacinação é uma boa forma de prevenção contra a doença meningocócica9 e é especialmente recomendada para crianças, adolescentes, viajantes e pessoas com o sistema imunológico comprometido1,2,10-16

Além disso, manter bons hábitos de higiene e evitar aglomerações pode ajudar na prevenção da doença.17

Como a doença meningocócica é tratada?

Tratamento médico hospitalar urgente.2

Qual o próximo passo?

Pergunte ao seu médico qual a melhor forma de prevenção da doença meningocócica para sua família.

1. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Meningococcal vaccines: WHO position paper, November 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2016.
2. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Meningococcal meningitis, factsheet n°141. 2012. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2016.
3. EUROPEAN CENTRE FOR DISEASE CONTROL. Annual epidemiological report 2012. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2016.
4. SOCIEDADE BENEFICIENTE ISRAELITA EINSTEIN. Meningite exige tratamento rápido. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2016.
5. STEPHEN, DS. et al. Epidemic meningitis, meningococcaemia, and Neisseria meningitidis. Lancet. 369(9580):2196-210, 2007.
6. RIGHT DIAGNOSIS. Misdiagnosis of Meningitis. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2016. 7. BRANCO, R.G. et al. Meningococcal disease and meningitis. J Pediatr (Rio J). 83(2Suppl):S46-53, 2007.
8. ERICKSON, L. et al. Complications and Sequelae of Meningococcal Disease in Quebec, Canada,1990–1994. Clin Infect Dis. 26: 1159-64, 1998.
9. CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. Meningitis. Disponível em: . Acesso em 10 out. 2016.
10. CENTRO DE VIGIL NCIA EPIDEMIOLÓGICA CVE/SP. O que você precisa saber sobre meningite. 2013. Disponível em: . Acesso em 10 out. 2016.
11. SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES. Calendário de vacinação da criança: recomendações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) - 2015/2016 (atualizado até 08/03/2016). Disponível em: . Acesso em: 03 maio 2016.
12. SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES. Calendário de vacinação do adolescente: recomendações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) – 2016/2017 (atualizado até 14/09/2016). Disponível em: . Acesso em: 06 out. 2016.
13. SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÃO. Calendário de vacinação da mulher: recomendações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) – 2015/2016 (atualizado até 16/08/2016). Disponível em: . Acesso em: 17 ago. 2016.
14. SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES. Calendário de vacinação do homem: recomendações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) – 2015/2016 (atualizado até 16/08/2016). Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2016.
15. SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES. Calendário de Vacinação ocupacional: recomendações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) – 2016/2017 (atualizado em 08/09/2016). Disponível em: . Acesso em: 26 out. 2016.
16. SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES. Calendário de Vacinação pacientes especiais: recomendações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) – 2015/2016 (atualizado em set/2015). Disponível em: . Acesso em: 07 nov. 2016.
17. STRELOW, VL., et al. Invasive meningococcal disease. Arq Neuropsiquiatr, 71(9-B):653-8, 2013.

Material destinado ao público em geral. Em caso de dúvidas, por favor, consulte seu médico.
BR/VAC/0312/16 Novembro/2016

Para acessar as referências bibliográficas desta seção, clique aqui